#53 O que é preciso para se tornar um profissional de Business Intelligence (B.I.)?

O que é preciso saber ou aprender para transformar dados em insights de negócio

Caiu por aqui e ainda não é assinante da minha newsletter? Deixa seu e-mail aqui e receba toda quinta de manhã seu boletim sobre marketing digital.

#Jabá Estarei conduzindo um webinar na DP6 sobre gestão e ativação de audiências na próxima terça, dia 18. Inscrição gratuita: https://bit.ly/3itWfzm

Você já deve ter ouvido que a área de dados é a que mais demanda profissionais no mercado de comunicação. Dentro dessa área, temos diversas especialidades como engenheiro de dados (data engineer), cientista de dados (data scientist) e analista de negócios (business analyst).

Esse último é um dos mais procurados pelas organizações pois basicamente sua função é conectar dados com resultados de negócio:

É a pessoa responsável por transformar os insights obtidos nas análises de dados em ações nas diferentes áreas da empresa, aumentando a eficiência e os resultados de negócio.

Se o engenheiro de dados precisa ter habilidades técnicas em coleta e processamento de dados, o analista de negócios precisa ter habilidades focadas em negócio, como entendimento de mercado, operação e estratégia.

Em uma matriz que vi nesse artigo do Data Hackers, concordo que cada tipo de profissional da área de dados possui pesos em habilidades específicas.

O engenheiro de dados e o cientista de dados geram mecanismos, tecnologias e todo um arcabouço de dados que trazem valor para os negócios e o trabalho do analista de negócios é garantir que toda essa inteligência seja convertida em ações relevantes para os negócios da empresa.

Vale reforçar que não vejo cada função mais importante que a outra. É uma cadeia de valor, em que sem a coleta e modelagem dos dados não conseguimos gerar insights e resultados. Ou seja, se não tem o engenheiro construindo as camadas de dados e o cientista arrumando e modelando para trazer tendências e dados estruturados, o analista de negócios não consegue ter a visão necessária dos dados para conseguir transformar aquilo em informação acionável.

E por isso que analistas de negócio precisam estudar estratégia, business, marketing, indicadores (KPIs), storytelling e outras disciplinas que contribuem para interpretar e apontar insights que vão trazer insumos para a organização, reforçando o que chamamos de cultura data-driven.


NOVIDADE DA SEMANA

TikTok anuncia os primeiros perfis a serem remunerados

Após o anúncio do lançamento do Creator Fund, um fundo de investimento que chegará a 1 bilhão de dólares nos próximos três anos, TikTok anunciou os primeiros perfis remunerados pela plataforma:

São perfis de diferentes áreas e assuntos, mostrando a diversidade que a plataforma possui e indo além dos vídeos de danças e comédias.

Vi no The Verge.